14 de out de 2013

Receita: tapioca com creme de brócolis



Vai uma tapioca aí?

Tenho uma colega de trabalho mexicana que ama tapioca. Ah, a globalização! Eu, brasileira, louca por uma guacamole, ela, mexicana, salivando por uma tapioca.

Conversa vai, conversa vem, a tapioca entrou na roda e depois disso, não saiu mais da minha cabeça. Eu, que até então nunca havia feito tapioca em casa, depois que testei esta receita passei a me perguntar se algum dia conseguirei deixar de fazê-la.  

Acho que não.

Para fazer aproximadamente 4 tapiocas usei:

- massa para tapioca pronta. Cada tapioca leva 4 colheres de sopa.
- manteiga
- 1/2 buquê de brócolis ninja
- 2 colheres de sopa de cebola picada
- 1 dente de alho pequeno picado
- 3 colheres (sopa) de requeijão de bisnaga
- 2 colheres de sopa de azeite de oliva

Passo 1: triture o brócolis cru.

Passo 2: numa panela, coloque o azeite de oliva e refogue a cebola e o alho.

Passo 3: adicione o brócolis, mexendo sempre.

Passo 4: desligue o fogo e adicione o requeijão. Misture bem e reserve.
 
Passo 5: numa frigideira, derreta uma colher de sobremesa rasa de manteiga.

Passo 6: polvilhe uniformemente 4 colheres de massa para tapioca e use as costas da colher para distribuir melhor a massa.

Passo 7: com uma espátula, vire a massa.

Passo 8: coloque o recheio em metade do círculo e dobre este ao meio. Sirva quente.


 


12 de out de 2013

Receita: Bolo Milo Milo (sem glúten)




Minha sobrinha foi enfática ao pedir mais bolo para sua tia-avó: "milo milo, vovó". Com apenas três palavras seu veredicto sobre o bolo de milho da Tia Leni fora dado: aprovado!

E não poderia ser diferente, pois o bolo molhadinho e saboroso é realmente uma delícia. Com a vantagem extra de não conter glúten.

O meu não ficou tão bom quanto o da Tia Leni (porque né, não dá para querer competir com tia-avós, nem mães e nem avós no quesito comidas que remetem à infância). Mas ficou muito bom também, e quem sabe um dia, meus netos venham me pedir um pouco de "milo milo, vovó"...


Para esta receita usei:

- 2 latas de milho sem a água
- 1 lata de leite condensado
- 100g de coco ralado
- 1 colher (sobremesa) de margarina
- 4 ovos
- 1 colher (sopa) de fermento em pó






Passo 1: separe 2 colheres de sopa de coco ralado e bata o restante dos ingredientes no liquidificador.





Passo 2: adicione ao restante da massa o coco que foi separado.





Passo 3: coloque a massa numa assadeira  com furo no meio, untada e polvilhada (pode usar farinha de arroz ou de milho).


Passo 4: Asse no forno pré-aquecido a 180 graus, por aproximadamente 40 minutos ou até que doure.




10 de out de 2013

Receita: quibe de abóbora japonesa



Quem disse que vegetarianos não comem quibe?

Existem diversas receitas de quibe sem carne, e esta é a minha preferida. Gosto da textura, do sabor da hortelã e da abóbora juntos, da crocância das castanhas no meio da massa.

Antes eu fazia um tabuleiro e cortava os pedaços, mas sempre sobrava e eu acabava jogando as sobras fora. A receita rende 12 porções, o que é muito  para apenas duas pessoas.

Agora eu faço assim, porções individuais na forma de cupcakes. Deu super certo, eu faço vários e congelo o que não for ser consumido na hora. Ele mantém a textura quando é descongelado e eu não tenho mais problemas com sobras!

Esse quibe fica perfeito com o dip de pepino e iogurte dessa receita aqui.

Para esse quibe, usei:

- 1/2 abóbora japonesa
- 250g de quibe para trigo hidratado
- 1 cebola picadinha
- 2 colheres (sopa) de hortelã picada
- 1 colher (sopa) de azeite de oliva extra virgem
- suco de 1 limão
- 1 pitada de cominho em pó
- sal
- 1 pitada de coentro em pó
- 8 castanhas-do-Pará trituradas


Passo 1: cozinhe as abóboras até que fiquem cremosas

Passo 2: remova as cascas e faça um purê com as abóboras

Passo 3: tempere com a cebola, a hortelã, o cominho, o coentro, o sal e o suco de limão.





Passo 4: misture o trigo para quibe e as castanhas.

Passo 5: unte a forma de cupcakes com óleo de cozinha

Passo 6: distribua as porções de quibe na forma.

Passo 7: leve para assar em forno pré-aquecido a 180 graus, até que fiquem dourados.






8 de out de 2013

Receita: farofa de brócolis ninja



Um dia eu fui ao restaurante Brasil à Gosto e comi uma farofa de couve maravilhosa. Achei o prato original, além de muito bem preparado, e ao mesmo tempo muito simples.

Aquele prato me marcou de verdade, porque abriu na minha mente a possibilidade de preparar farofas com ingredientes inusitados. Tempos depois, ganhei um mixer. Era a peça que faltava na minha vida de farofeira!

O triturador que é acoplado ao motor permite que eu triture ingredientes crus no tamanho ideal para que virem farofa, sem virar uma pasta. Perfeito!


Para a farofa usei:

- 1/2  buquê de brócolis ninja
- 1 cebola fatiada finamente
- 1 e 1/2 xícara de farinha de mandioca flocada
- azeite de oliva
- sal




Passo 1: triture o brócolis cru no mixer e reserve.

Passo 2: numa panela grande, coloque 2 colheres de sopa de azeite e refogue a cebola até que fique transparente.
 



 Passo 4: adicione a farinha e o sal e misture bem.

Passo 5: coloque o brócolis e misture até que ele comece a grudar na farinha.

Passo 6: quando desligar o fogo continue mexendo até que pare de sair vapor.




7 de out de 2013

Receita: abóbora japonesa assada



Abóbora assada  não é um prato fotogênico.

Tentei de todos os ângulos, mudei a luz, joguei mais molho para dar um brilho... e nada. Elas não sorriem para mim quando falo "xis".

Mas não importa. Sua beleza é inversamente proporcional ao sabor, e isso me deixa satisfeita por enquanto.

Para esta receita usei:

- 1/2 abóbora japonesa lavada e corta em fatias de 3cm de largura
- 1/4 de xícara de azeite de oliva extra virgem
- 1  colher (café) de cominho moído
- 1 colher (café) de coentro moído
- 1 colher (sobremesa) de alecrim desidratado
- sal
- 3 colheres (sopa) de shoyu
- 1 colher (café) de açúcar mascavo


Passo 1: cozinhe a abóbora até que fique macia mas firme.

Passo 2: num pote, misture todos os outros ingredientes.

Passo 3: com um pincel, pincele o molho dos dois lados de cada fatia de abóbora.




Passo 4: disponha as fatias num tabuleiro e leve ao forno a 180 graus.

Passo 5: quando a superfície das abóboras estiver seca, abra o forno e pincele mais molho. Asse mais alguns minutos.