21 de mai de 2014

Desodorante caseiro



Não me lembro se já contei aqui sobre a minha alergia a TUDO. Acontece que, há alguns meses, desenvolvi uma alergia a qualquer produto químico, seja ele de higiene pessoal, beleza ou de limpeza. Começou com uma coceira no rosto, como se muitas formigas minúsculas estivessem andando pela minha cara. Depois, a coisa evoluiu para vermelhidão e pele escamando.

Pânico define.

Fui à dermatologista, e ela me aconselhou a parar de usar todo e qualquer produto químico, até que a pele se acalmasse e pudéssemos identificar a causa. Isso foi há 5 meses...

Desde então, tenho me dedicado à busca por substitutos menos agressivos para produtos do dia-a-dia. Foi assim que descobri as maravilhas do vinagre e do bicarbonato de sódio, que mostrei aqui e aqui. Também foi por isso que cheguei à esta receita maravilhosa de desodorante natural.

Sério, acho que nunca mais <NA VIDA> conseguirei usar desodorante industrializado. Primeiro porque essa receita realmente funciona. Tira o cheiro de cecê, deixa o sovaco macio e segura a onda da sudorese. Depois, porque quando comecei a ler sobre a química que envolve aquele desodorante que a gente compra no mercado, percebi o erro que eu estava cometendo ao usá-lo. Não vou ficar fazendo campanha contra aqui; apenas sugiro que, se você tem algum amor pela sua vida, procure se informar sobre isso.
E por último, é muito mais barato do que comprar desodorante todo mês.

A receita é a seguinte:

- 1/3 de xícara de óleo de coco orgânico
- 1/3 de xícara de polvilho doce
- 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio
- 10 gotas de óleo essencial de sua preferência (eu usei limão porque gosto do cheiro, mas tome cuidado pois ele é fotossensível. Para dias de sol, é melhor usar outro tipo de óleo essencial).

Passo 1: misture todos os ingredientes.

Passo 2: coloque num pote com tampa.

Passo 3: Na geladeira, ele vai durar uns 6 meses. Para aplicar, uso uma colher para tirar um pouco do produto do pote e aplico com os dedos, massageando as axilas. O óleo de coco derrete com o calor da pele, mas é facilmente absorvido.